Judith Kanaitha & Njeri Mwangi

Os Ladrões de Bebés
Encomendado pela BBC

"Um filme corajoso, impactante e relevante, com uma história incrivelmente importante para contar. Produzir uma investigação tão complexa com uma equipa local disfarçada é uma proeza extraordinária. Encontrar pessoas que possam operar neste ambiente, correndo tais riscos, leva anos. Um enorme respeito pela ambição do jornalismo e o compromisso com a história".

-Prémio Impacto Sony para o Júri dos Assuntos Actuais

Este ano, uma investigação da BBC Africa Eye descobriu provas condenatórias de uma próspera rede subterrânea de crianças roubadas no Quénia. Este comércio secreto e altamente lucrativo presa aos mais vulneráveis do país, roubando crianças de mulheres sem abrigo e até da maternidade de um grande hospital governamental no coração de Nairobi.

Njeri e Judith cultivaram uma rede de denunciantes a fim de se infiltrarem e registarem secretamente várias redes activas de tráfico de crianças que visavam as mulheres mais pobres do Quénia. O lançamento do filme provocou um enorme protesto público no Quénia e levou ao encerramento imediato de três redes de tráfico de crianças altamente prolíficas, à detenção de traficantes expostos na investigação e à criação de uma força de intervenção do governo queniano dedicada a pôr fim ao tráfico de crianças.

Biografias

Njeri Mwangi é mãe, activista dos direitos humanos e co-fundadora de Pawa254, um centro de colaboração com sede em Nairobi onde jornalistas, artistas e activistas se encontram para encontrar formas inovadoras de alcançar a mudança social. O centro alberga e fomenta projectos criativos e comunitários para a mudança social em todo o Quénia, e é o primeiro do seu género em África.

Judith Kanaitha é uma jornalista e repórter de investigação sediada em Nairobi, Quénia. Há vários anos que trabalha para a Ghetto Radio, uma estação criada para representar e fazer campanha pelos interesses das mais de dois milhões de pessoas que vivem nos bairros de lata de Nairobi. Judith é especializada em histórias sobre os direitos das mulheres e a protecção das crianças que vivem nos bairros de lata da cidade.