Criptografia

Aprenda a encriptar dados sensíveis.

Usada corretamente, a criptografia é a melhor opção para manter as informações e comunicações o mais seguras possível.

Na sua forma mais simples, a encriptação funciona usando uma fórmula matemática para codificar dados, que só podem ser descodificados com uma chave específica e/ou frase de passagem. Como jornalista, você armazena e transmite uma grande quantidade de informações - algumas das quais podem ser sensíveis e/ou colocar você e suas fontes em risco. Você pode querer criptografar essas informações para protegê-las.

Em alguns países, a criptografia tem restrições legais de uso, portanto você precisará considerar isso antes de cruzar fronteiras e/ou trabalhar em determinados lugares. Pesquisas minuciosas sobre isso devem ser incluídas na sua avaliação de risco.

Criptografia

Aplicações de mensagens criptografadas e chamadas pela Internet

Existem várias ferramentas que codificam as comunicações enquanto estão em trânsito do remetente para o destinatário. Isto significa que a mensagem, chamada de voz ou vídeo, ou documento não pode, tanto quanto sabemos actualmente, ser interceptada quando está em transmissão. 

No entanto, os jornalistas devem investigar a ferramenta que estão usando para descobrir se as informações que estão enviando também estão criptografadas no servidor da empresa. Algumas ferramentas de comunicação descriptografam no servidor, o que significa que uma cópia da conversa, documento ou imagem está sendo mantida pela empresa. Isto pode ser um problema se você estiver preocupado que um governo possa intimar a empresa por esta informação.

Os jornalistas também devem pesquisar quanto metadados estão sendo armazenados pela empresa. Os metadados incluem dados como, sua localização, seu número de telefone, o número de telefone da pessoa com quem você está falando, a última vez que você esteve online, entre outros. Estes dados podem ser intimados por governos e usados para construir uma imagem de com quem você está falando e quando. 

A ferramenta que você usa deve ser ditada pela sua situação e pela(s) situação(ões) das pessoas com as quais você precisa se comunicar e pelo país em que você está. Sempre fale com suas fontes usando o método mais seguro possível e seja informado sobre quem faz a ferramenta que você está usando. 

Aqui estão alguns serviços de mensagens criptografadas comuns:

E-mail criptografado

Você pode usar diferentes tipos de software para criptografar seu e-mail, que normalmente encripta "de ponta a ponta". Se usado corretamente, o e-mail criptografado de ponta a ponta pode ser uma forma muito eficaz de comunicação segura.

E-mail criptografado de ponta a ponta significa que o conteúdo do seu e-mail é criptografado e só pode ser descriptografado pelo destinatário. O destinatário também precisará usar o e-mail criptografado de ponta a ponta. Esteja ciente de que o título do seu e-mail e o endereço de e-mail do remetente e do destinatário não são criptografados.

Pontos-chave em e-mails criptografados:

  • Há uma variedade de software que você pode usar para criptografar suas mensagens, mas e-mails criptografados só funcionarão se a pessoa para a qual você está enviando também estiver usando-o.
  • Você deve sempre atualizar seu software para protegê-lo contra vulnerabilidades de segurança.
  • O e-mail criptografado pode ser complicado de configurar e nem sempre é conveniente. Atualmente não há como enviar e-mails criptografados a partir do seu telefone, por exemplo.

Formas comuns de encriptar e-mails:

Serviços de nuvem criptografada

Os jornalistas frequentemente fazem backup de documentos para a nuvem, utilizando serviços populares como o Google, iCloud e Dropbox. Estes podem ser perfeitamente adequados para muitos usuários, mas você deve estar ciente de que seus documentos são apenas tão seguros quanto o serviço em que estão armazenados. Alguns destes serviços foram violados e os dados dos usuários foram roubados.

Se você estiver armazenando documentos e/ou materiais especialmente sensíveis ou se estiver preocupado com a possibilidade de ser direcionado diretamente por um adversário, você pode querer usar um serviço de nuvem criptografada.

Alguns exemplos de serviços de nuvem criptografada incluem:

Encripte os seus dispositivos

Computador

Você pode querer criptografar a unidade no seu computador, o que é conhecido como criptografia de disco completo. Isto é relativamente fácil de fazer e pode ser uma forma eficaz de proteger os dados. Esteja ciente de que viajar para e/ou trabalhar em certos países com dispositivos criptografados é ilegal.

Encriptação de disco completo para o seu computador:

  • Bitlocker para Windows
  • Filevault para Mac

Telefone

A maioria dos telefones mais recentes tem criptografia como modelo padrão. Isto significa que a informação no seu telefone é encriptada quando está a ser armazenada ou enviada. Entretanto, se você quiser evitar que seus dados sejam acessados fisicamente, você precisará criptografar suas informações e protegê-las com uma senha longa e única. Se o seu telefone não estiver criptografado, você pode ativar esta opção nas configurações de segurança do seu telefone.

Normalmente, o seu telefone irá fazer o backup das informações do seu dispositivo para o serviço na nuvem. Se você estiver usando um iPhone, por exemplo, ele irá fazer backup de informações para o iCloud. Se você estiver usando o Android, ele fará o backup dos dados para o Google Drive. Tenha em atenção que a informação na nuvem pode não estar encriptada.

Você pode querer remover dados do seu telefone se eles forem perdidos ou roubados. Para fazer isso, você precisará configurar seu telefone para limpeza remota. Ao activar esta funcionalidade, a Apple e o Google terão sempre acesso à localização do seu dispositivo.

Para preparar a limpeza remota:

  • Encontre o meu iPhone para iPhone
  • Android Device Manager - pode ser necessário activar 'bloquear e apagar remotamente'.

Criptografe seus arquivos, seu disco rígido e USBs

Se você quiser manter documentos sensíveis seguros, talvez queira considerar a possibilidade de encriptá-los. Todos os principais sistemas informáticos têm os seus próprios métodos de encriptação, por isso deve verificar qual deles está disponível no seu computador.

Você também pode criptografar sua unidade e/ou dispositivos externos usando Veracrypt. Para encriptar ficheiros na nuvem, Criptomador é uma boa opção.

Criptografe o seu site

Veja o nosso guia sobre Navegando na Internet para obter informações sobre isto.